5.10.08

naufrágio próprio




a geometria entre as pessoas
esta sombra já é de ontem
o cérebro líquido da electricidade

emoções ferrosas, a terra intensa
não ter paciência para nada
os afluentes do álcool na cabeça
a constipação dos pensamentos

o sol está a pôr ovos
cicatrizes na pele da mesa
os telhados suspiram, doentes de morte
a resistência dos materiais

gritos microscópicos, serpentes,
animal com farpas no dorso
uma caixa cheia de sal
pomares com fruta e venenos
uma pessoa a debater-se

uma praia em convalescência
um canto totalmente ao calhas
bolbos, fungos, erupções,
silêncio com toneladas de água

e eu a afogar-me ao longe

6 comentários:

rafael disse...

a foto é do brotzmann

mmmnnnrrrg disse...

sim... mas porquê? conheces o bicho? não foste vê-lo no Jazz em Agosto, pois não?
foda-se o Brotzmann...

rafael disse...

porque sim.

Anónimo disse...

grnhunf

Dinis Lapa disse...

Imagens e metáforas muito boas como o a do sol a pôr ovos. A geometria entre as pessoas. Não me desiludiste.

abraços

Van disse...

ADorei... Tudo. Todas as ideias... tudo tudo. Muito bom este texto. Gostei mesmo. Tentei transcrever algumas mas ia acabar por fazer copia integral...

Beijinhos