16.1.08

teoria da vegetação


uma oferenda a uma fonte
ramos de folha caduca caídos
outra oferenda: cachaça e encruzilhada
uma nuvem a passar entre as árvores
magníficos cogumelos, um pneu

chão de alcatrão com musgo
a meditação calma dos troncos
as árvores mostram os músculos
alguns ramos piam pássaros

análises periódicas
uma tampa de garrafa de uísque
cascas de laranja e papéis
afloramento de raízes dendítricas
uma corda com baloiço
um carreiro através da densidade
um local abrigado para sentar

passagem para um lado igual a este
o mar na copa das árvores
de costas para a realidade
o chão tão molhado como a noite
difícil de dizer
o derrubamento

6 comentários:

conchinha disse...

gosto muito, miudo giro.
Beijinhos

maria disse...

muito bonito, é.

Hand Team Association disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Vanessa disse...

Esta foto está fenomenal... além dos textos claro!

Beijinho grande
Van

Anónimo disse...

Que bela foto! UAU! Quem é o artista?
Volto já, vou ler o texto ;)

Anónimo disse...

Voltei!
Quando é que publicas um livro de poemas? Fico à espera.