4.12.07

vinte e uma coisas


01. sujeito com caderno.
02. um rádio com música clássica nos seus circuitos ferrugentos.
03. dores musculares mas muito ligeiras.
04. quarto com graffitis nas paredes.
05. cortinas brancas.
06. o sonho de ontem.
07. um livro sobre símbolos.
08. migalhas de lenha no chão.
09. quadro vermelho de rosto pesado.
10. a deslocação do ar lá fora.
11. a morte a dormir no seu ninho.
12. saco de boxe pendurado com corrente.
13. uma ansiedade sem forma.
14. coluna vertebral.
15. guarda-fato de madeira altivo.
16. micro fungo entre os dedos dos pés.
17. a respiração a passar nas narinas.
18. uma vela acesa.
19. uma girafa de madeira sem cabeça.
20. o tecto pisado pelo tempo.
21. uma caneta com palavras diluídas na carga.

1 comentário:

darkest poet disse...

pergunto-me se não serão ingredientes suficientes para um bom poema...

gostei do blog...=)