31.10.07

os meus pensamentos


meu cérebro
está-se a espalhar pelo corpo
sombra de uma
metástase


o meu cérebro
tem fome de fibras
e veias e válvulas
e vai-me comendo,
por dentro


(a psiquiatria
chama-lhes "depressão"
os clássicos chama-lhe "melancolia"
eu chamo-lhes
"morrer aos bocados"
lentamente
e aos bocados)


o meu cérebro
é um canibal que pensa

5 comentários:

CORPOS HABITADOS disse...

Muito Bom!

maria disse...

também gostei

salomé disse...

antes assim.
poderias ser um canibal que não pensasse, e esses é que queriamos ver deprimidos, sem a avidez de dizimar e consumir tudo o que está à sua volta.
ps: estou a gostar do 'algumas p. dp.'

Anónimo disse...

Cerejeiras em flor-
E no entanto
Sofrimento e corrupção

"Primeira Neve", Issa Kobayashi

Beijinho

adriana

Anónimo disse...

a lua levou uma dentada